Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio 16 Jan 2010

Eram quase 12.30 quando chegamos a Portimão. À nossa espera estava a Marta Pinheiro, que se juntou ao nosso Projecto recentemente. Entre abraços e beijinhos, lá pegamos nos sacos e entramos no Hospital, à espera da Educadora Helena para podermos subir e deixar os brinquedos.
Num misto de nervosismo e alegria, lá fomos nós para o piso da pediatria. A Educadora Helena, numa constante simpatia, falou connosco durante algum tempo e esteve a dar-nos algumas dicas sobre como agir perante as pessoas que lá estavam.
Primeiro fomos para a sala de actividades deixar os sacos com os brinquedos. É lá que os meninos e meninas que estão internados vão brincar.
Depois foi o frio na barriga! Em Portimão não estavam internados muitos meninos mas é sempre um sofrimento vê-los naquelas condições e mais ainda, ver os pais sofrer por verem os seus filhos assim.
Encontramos o Joãozinho com a sua mamã e papá. Na altura a mamã estava dar-lhe papinha e ele ficou todo entusiasmado quando nos viu. Era só sorrisos….
A Educadora Helena levou-nos pelas salas e disse para fazermos uma breve apresentação nossa dizendo qual era o nosso propósito. No final já estava a Vânia no chão a brincar com um carrinho e o Mário, um doce de menino.
Ficou a promessa do nosso regresso. Teremos de lutar por um vagão para esta unidade. A Educadora adorou a ideia…. Contamos com donativos para o conseguir! Obrigada!

video

"Orgulho-me de fazer parte de um grupo tão espetacular como vocês, é tão bom saber que a nossa energia é contagiante e arranca sorrisos até a bebés...Orgulho, Felicidade, Alegria, vontade de voltar lá, enfim, é um misto de sentimentos que não sei explicar. Adoro-vos minhas sorridentes!", Regina Pereira

“Mais que orgulho. Ao ver todos aqueles sorrisos sinto uma imensa felicidade.”, Ana Costa

“Para mim resume-se a uma palavra: maravilhoso”, Vânia Peixeiro

“Eu senti-me muito feliz por saber que com a entrega dos brinquedos vamos amenizar a estadia das crianças no hospital.”, Marta Pinheiro

“ A palavra dar tem muito mais significado do que a palavra receber. Tudo faz sentido quando se vê um sorriso no rosto de uma criança.”, Vera Valério